Batora: Lost Haven Preview

2022-10-13 0 Por Marcos Paulo Vilela

Batora: Lost Haven é um RPG de ação de ficção científica que mistura hack’n’slash com mecânicas típicas de atiradores de dois bastões. 

Este é mais um jogo do catálogo da Stormind Games, um estúdio independente anteriormente conhecido por uma série de survival horrors baseada no cult Clock Tower .

Enredo

O enredo de Bator: Lost Haven gira em torno de um cataclismo que arruinou a maior parte da Terra e roubou tudo de Avril, de dezesseis anos. 

No entanto, a heroína também ganhou acesso a poderes poderosos que podem ajudá-la a salvar o planeta moribundo. Ela embarca em uma jornada perigosa e aprende a linha tênue entre o bem e o mal.

Mecânica.

Batora: Lost Haven Preview

De acordo com a convenção hack’n’slash, observamos a ação de uma visão isométrica, eo jogo é sobre explorar locais e lutar contra hordas de inimigos. Nas batalhas podemos usar vários poderes materiais e mentais. Esse dualismo corpo-mente é o eixo da jogabilidade, que se expressa, entre outros, na presença de duas barras de saúde. 

Inimigos nos atacam tanto física quanto mentalmente, e a perda de todos os pontos de vida físicos ou mentais equivale à morte de Avril. Os jogadores devem alternar constantemente entre os modos físico e mental para enfrentar os desafios à frente.

As decisões do protagonista desempenham um papel importante. Durante seus encontros com representantes de diferentes facções, Avril terá que escolher se quer resolver um problema pela força ou confiar na astúcia. Cada ação tem suas consequências e influencia o destino de todo o universo e de seus habitantes.

Modos de jogo.

Batora: Lost Haven Preview

Assim como os trabalhos anteriores do estúdio Stormind Games, Batora: Lost Haven é um jogo para um jogador. Os autores não previram a possibilidade de jogar com amigos, mesmo em modo cooperativo.

Aspectos tecnicos

Os desenvolvedores de Batora: Lost Haven escolheram um estilo retrô de ficção científica, apresentando uma visão do futuro direto da década de 1950. 

Durante o jogo, visitamos planetas coloridos cheios de lugares fascinantes e habitantes muitas vezes igualmente intrigantes. Todo o jogo é 3D, desde locais a modelos de personagens e inimigos, embora desenhados à mão pelos desenvolvedores.