Live A Live Swicth Review-wisegamer

2022-07-12 0 Por Marcos Paulo Vilela

Live A Live Swicth Review swicht

Live A Live

Live A Live é um remake do clássico RPG japonês, lançado originalmente em 1994 para o console Super Nintendo Entertainment System (SNES) de 16 bits, que nunca teve uma versão oficial em inglês. 

Tanto a edição original quanto a atualizada foram desenvolvidas pela Square Enix.

Enredo

O enredo do jogo é altamente incomum. Live A Live apresenta a história de oito personagens em nove cenários diferentes. Cada um deles se passa em realidades diferentes. 

Essas histórias nos levam aos tempos pré-históricos, à China antiga, ao Japão feudal, ao Velho Oeste, aos tempos modernos, ao futuro próximo e ao futuro distante.

Essas histórias podem ser reproduzidas em qualquer ordem. Em cada um desses cenários, seu protagonista deve enfrentar o vilão conhecido como Odio. 

Após sete triunfos, o oitavo capítulo, ambientado na Idade Média, é desbloqueado e, após passá-lo, temos acesso à última, nona história, combinando as tramas de todas as oito anteriores. Nele, seus personagens, arrancados de suas épocas, unem forças contra um inimigo comum em um confronto final que decidirá o futuro do universo.

Live A Live Swicth Review-wisegamer

Mecânica do jogo

No Live A Live todos os cenários oferecem a mesma mecânica de jogo. Assim temos o clássico jRPG, no qual exploramos o mundo, completamos missões, desenvolvemos heróis e lutamos com inimigos usando sistema de batalha baseado em turnos.

Ao mesmo tempo, cada história tem sua própria mecânica única, tornando a jogabilidade mais variada. 

Diferentes histórias oferecem, por exemplo, seções furtivas, usando a telepatia para aprender fatos adicionais da trama ou mudar os sistemas de iniciar escaramuças enquanto explora o mundo.

Live A Live Swicth Review-wisegamer

Modos de jogo

O jogo oferece apenas um modo de jogador único.

Aspectos tecnicos

A maior mudança em relação ao original é o novo cenário audiovisual. O jogo apresenta gráficos atraentes que combinam personagens 2D com fundos 3D e efeitos visuais modernos. 

A coisa toda foi realizada no estilo HD-2D, popularizado pelo Octopath Traveler de 2018.