007 The World Is Not Enough PS1-Review!

007 The World Is Not Enough PS1-Review!

2020-06-24 0 Por Marcos Paulo Vilela

007 O mundo não é bastante psx é um game de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Black Ops Entertainment e baseado no filme de James Bond de 1999 com o mesmo nome. Foi publicado pela Electronic Arts e lançado para a PlayStation em 8 de novembro de 2000, logo após o lançamento do seu Nintendo 64.

 🙂 Review

The World Is Not Enough 007 é o sucessor do título de 1999 da Black Ops Entertainment, Tomorrow Never Diese usa uma versão aprimorada de seu mecanismo. O jogo recebeu críticas mistas de críticos, que criticaram sua curta duração e falta de multiplayer modo.

007 the world is not enough psx español

007 the world is not enough ps1, foto: reprodução.

The World Is Not Enough 007 psx (O mundo não é o Bastante). Esse é o título do décimo nono filme da mundialmente famosa série de James Bond e o terceiro a estrelar o ator Pierce Brosnan como o agente do MI-6 James Bond 007. Como os filmes de James Bond e outros filmes de ação em geral, eles lançam os filmes em forma de videogame.

Havia três plataforma, todas completamente diferentes. Joguei apenas as pçataformas Nintendo 64 e PlayStation, mas este acabou sendo o pior plataforma possível de The World is Not Enough, terminando como nada além de um jogo de tiro em primeira pessoa comum.

JAMES BOND DOWNLOAD GAME PS1!

007 the world is not enough ps1 cover

007 the world is not enough ps1, foto: reprodução.

 💡 DETALHE DO JOGO

  • Plataforma: PlayStation
  • Género: Ação » Tiro » Primeira Pessoa » Arcade
  • Desenvolvedor: Black Ops Entertainment
  • Editora: Electronic Arts
  • Lançamento: 7 de novembro de 2000
  • Também conhecido como: O mundo não é suficiente (UE)
  • Franquia:   James Bond 007

 A trama do jogo “The World Is Not Enough Game

O jogo para 007 ps1 segue a história do filme muito bem, enquanto algumas cenas foram ligeiramente alteradas ou até adicionadas para torná-lo mais orientado para a ação.

No jogo, Sir Robert King, um magnata do petróleo muito rico e famoso, precisa receber bastante dinheiro de um banqueiro suíço na Espanha, e James Bond é enviado para recuperá-lo.

A missão segue com sucesso, ao que parece. Sir Robert King foi morto em uma explosão no MI-6, devido a um dispositivo no dinheiro. O vilão do jogo, Renard,  Bond suspeita que o vilão do jogo, Renard esteja planejando ir atrás da filha de King, Elektra King, como ele fez anos antes disso. Então, Bond é enviado para salvar o mundo novamente.

É uma história bastante interessante, mas a experiência do game é destruída se você já viu o filme. Algumas partes da história são exibidas através de vídeos em movimento total (FMV), tirados diretamente do filme.

➡ O jogo

Se você jogou o último jogo de 007 ps1 da Black Ops Entertainment, Tomorrow Never Dies , entenderá o título. Houve muitas partes de seu último jogo, mas os maus traços de Tomorrow Never Dies permanecem. No mínimo, a série de jogos Bond retornou à perspectiva da primeira pessoa, exatamente como deveria ser.

Mas nem tudo está legal. Assim como no anterior, você não pode olhar em volta e se mover, o que é incrivelmente chato pois muitos dos cenários de jogos exigem que você se mantenha de pé; se um inimigo pula, você não pode parar e atacar a menos que aja incrivelmente rápido.

The World Is Not Enough 007 PS1-screem load game

The World Is Not Enough 007 PS1-capa de loading do game, foto:reprodução!

Quando você precisar olhar em volta, segure o botão R1 e olhe em volta. A velocidade de rotação é intoleravelmente lenta, por isso é injustamente fácil ser morto apenas tentando olhar para cima, virar-se,

Assim como nos jogos anteriores, você precisa completar vários objetivos e chegar ao final do nível. Isso é feito através da pesquisa nas salas, matando certas pessoas e usando determinados gadgets fornecidos pela Q Division.

Bond carrega uma série de coisas bizarras que você pode vencer o jogo sem nunca saber da existência delas. As taxas de bolsa, por exemplo. Bangs de flash (carinhosamente disfarçados de pequenas lanternas pelo inteligente Q), etc. Os Gadgets realmente não fazem muito sentido, como o scanner de impressões digitais. Até você saber o que deve digitalizar com ele, você estará correndo de sala em sala, procurando coisas a serem digitalizadas rsrs. 🙂

À medida que Bond avança, você recebe constantemente mensagens de Robinson no MI-6, dizendo o que fazer, geralmente quando você já sabe. E quando é algo que você não tem idéia do que fazer, você só recebe dicas vagas, como “atire a pistola de sinalização no cano!”, Quando não fazia ideia de que havia uma arma de sinalização. Ele nem mesmo diz algo útil, como “Procure a pistola de sinalização! Deve estar em um prédio próximo“. 😡

Navegar pelos fases do game é outro grande problema. Elas são incrivelmente complicadas de avançar e finalizar principalmente porque o design é muito confuso. Na plataforma da Nintendo 64, é diferente, você sabe automaticamente para onde ir, quando ir e etc.

No playstation não dá pra saber quando é seguro ou quando tem risco, pois a música às vezes soa suave, geralmente fazendo o jogador pensar que é seguro quando não é, ai depois tem o cenário contrário, a música soa com muita ação, você pensa que algo vai acontecer, quando na verdade você está tudo calmo, é um saco...

The World Is Not Enough 007 PS1-detonado/gameplay!

The World Is Not Enough 007 PS1-capa de loading do game, foto:reprodução!

Armas

Metralhadoras

  • P90
  • Ingalls Type 90
  • Meyer TMP

Armas explosivas

  • GL40 Grenade Launcher
  • Lançador de mísseis que procuram calor do Sentinel – Pode disparar nos modos único ou totalmente automático.
  • Granada de fragmentação
  • Granada pegajosa

Pistolas

  • Raptor Magnum – Inclui mira a laser opcional.
  • O clássico Wolfer P2K de James Bond

Espingardas de assalto

  • AK-47
  • M4 Mustang – Uma variante do M16.
  • Meyer Bullpup

Rifles de precisão

  • SA90
The World Is Not Enough Game ps1-cover game disc

The World Is Not Enough Game ps1, capa do disco psx, foto: reprodução

 ➡ A inteligência artificial (IA) realmente não melhorou desde o Tomorrow Never Dies game.

Parece que, na verdade, foi ao contrário, piorou. O caso promete o seguinte: ” IA aprimorada! Os inimigos reagirão a você, se comunicarão entre si e até baterão em retirada em caso de  baixas! “O problema é que os inimigos que reagem à sua presença não são nada avançados.

Além disso, os inimigos não fazem nada além de avistá-lo, disparar ou tocar o alarme, e para piorar, quando você atira neles, eles mal sofrem dano, eu mesmo tive inimigos regulares sobrevivendo a tiros na cabeça muitas vezes para ser uma coincidência, uma coisa é fato: a IA é irracionalmente forte.

A barra de saúde do jogador (assim como a barra do colete) são ainda menores do que no último jogo. É fácil ter 25% da sua barra apagados por um atirador de elite inimigo.

LEIA TAMBÉM:

➡ Os controles

Os controles são desajeitados, na melhor das hipóteses. Eles são horríveis ao usar um controlador Dual Shock. O Direcional Pad move o personagem.

O botão “X” é usado para disparar. Os botões Quadrado e Triângulo são usados ​​para alternar entre armas, mas muitas vezes são bastante estranhos. Demora anormalmente tempo para alternar entre armas comprometendo a vida do jogador.

Os controles realmente não respondem muito bem. Você pode estar no “Modo Sniper”, e o jogo pensará que você soltou o botão R1 e depois voltará rapidamente para o “Modo Sniper”, mas ele mudará para onde você estava mirando, o que é irritante em momentos cruciais.

The World Is Not Enough Game ps1

The World Is Not Enough Game ps1, fases, foto: reprodução

➡ Os Gráficos

Aqui é outro quesito que deixa a desejar, e são cheios de erros e não de acertos. Nos vídeos em movimento total do filme, os gráficos parecem incríveis. Parece que você está realmente assistindo o filme em DVD. Mas os gráficos do jogo… Eles parecem terríveis. As animações dos personagens parecem absolutamente sem vida e não são convincentes.

Alguns personagens parecem ter acabado de ser baleados com um tranquilizante e estavam prontos para desmaiar rsrs. Os rostos de alguns personagens (como “M” e Christmas Jones) parecem um pouco com os colegas do filme.

Enquanto personagens como James Bond e Renard são apenas médios. Os ambientes são um pouco agradáveis, mas realmente poderiam ter sido melhor. As armas parecem convincentes o suficiente, delas, não tenho o que falar!

➡ A dificuldade

Provavelmente tão ruim quanto possível. Além do que eu disse sobre os controles serem difíceis de usar, os inimigos serem incrivelmente difíceis de lidar e os objetivos difíceis, existem alguns probleminhas a mais.

Alguns níveis foram feitos de maneira tão terrível que não fazem nenhum sentido. Os segmentos de esqui ruim do TND retornam (para pior, vale salientar) e são igualmente confusos.

 ➡ JOGUE TAMBÉM:

O briefing antes da missão mal explica o que fazer, esquiar é realmente difícil de controlar, pois mesmo quando você para de pressionar os botões, você ainda se move um pouco. E há inimigos em quase todos os lugares. É uma bagunça só.

➡ O som e a música

O som e a música realmente brilham apenas nas cutscenes. Eles trabalharam brilhantemente nelas. Mas no jogo, é muito ruim.  Apenas as armas e certas ações de voz são realmente boas. Alguns personagens, (Christmas Jones) têm uma voz absolutamente terrível neste trabalho.

James Bond, no entanto, parece perfeito na maioria das cenas, mas em algumas cenas parece que ele está acabando e nunca terminando o que começou a dizer. Por exemplo: “Obrigado, é tudo o que eu precisava saber …”. Quando você ouve, você pensa “e?” 😕 .

The World Is Not Enough p/ PlayStation

The World Is Not Enough p/ PlayStation, foto: reprodução

Existem outros casos em que você olha para o personagem (Valentin) e a voz não combina com a pessoa. Outra coisa: os som dos pés de Bond, se há algo que vai irritar seus nervos em um instante, é ficar ouvindo as passadas dele enquanto joga.

Como já mencionei antes, a música não acompanha a situação na maioria das vezes. E algumas músicas, instantaneamente, dão nos nervos, uma grande parte das músicas faz um loop rápido e não é muito divertido de ouvir.

NO GERAL!
Não é um jogo terrível. É divertido no começo, mas geralmente deixa de ser divertido no meio do jogo. Como recomendação, jogue a plataforma de Nintendo 64.

Ele supera a do Playstation de várias maneiras e  torna o game muito mais agradáveis. Minha nota de The World Is Not Enough p/ PlayStation 1 é de 5/10, lembrando galera que esta é minha opinião, gostaria de ouvir a de vocês, comente em baixo!

Cheats/Codes/Dicas

007 the world is not enough ps1 cheats

007 the world is not enough ps1, foto: reprodução

  • Modo Arma Dourada

Limpe o jogo na dificuldade 00 do agente.

  • Desbloquear todas as armas

Limpar Turncoat na dificuldade 007 com o tempo mais rápido.

  • Invencibilidade

Limpe o nível Meltdown na dificuldade 007 com o tempo mais rápido.

  • Desbloquear Munição Infinita

Clear Fallen Angel na dificuldade 007 com a melhor pontuação.

  • Desbloquear armas de força

Limpe o ponto de inflamação no agente ou a dificuldade 007 com a melhor pontuação.

  • Ligação furtiva

Desmarque a opção Villa on Agent ou 007 com a melhor pontuação.

  • Destrave Power Goons
Limpe a roleta russa no agente ou a dificuldade 007 com o tempo mais rápido.

007 the world is not enough ps1-Rom/ISO/Download!

007 the world is not enough ps1, foto: reprodução

Gameshark Codes:

Invencível 80073A04 0001
30073D3A 0001
Todas as armas 30073D38 0001
Munição infinita 30073D3D 0001
Power Guns 30073D3C 0001
Power Goons 30073D3B 0001
Ligação furtiva 30073D39 0001
Desbloquear todos os truques 8001F16A FFFF
Desbloquear o jogo secreto da vitória 8001F28E 0002
Desbloqueie todas as missões e filmes
(GS 2.2 ou superior)
50001A01 0000
3001F2D2 0001
Desbloquear todas as missões e filmes
(somente usuários do Caetla)
B01A0001 00000000
3001F2D2 0001

007 the world is not enough ps1 walkthrough