BPM: Bullets Per Minute Switch, Visão Geral

2022-08-29 0 Por Marcos Paulo Vilela

BPM: Bullets Per Minute Switch, Visão Geral

BPM: Bullets Per Minute Nintendo Switch.

BPM: Bullets Per Minute é um FPS dinâmico enriquecido com soluções retiradas de jogos rítmicos e roguelike. 

O jogo foi desenvolvido pelo estúdio independente britânico Awe Interactive e a fonte de inspiração para seus criadores foram os atiradores cult da década de 1990.

Enredo

BPM: Bullets Per Minute leva-nos a uma viagem ao mundo da mitologia nórdica. 

No decorrer do jogo, assumimos o papel de uma Valquíria, cuja tarefa é defender Asgard (mítica terra dos deuses) da invasão de criaturas de Helheim (nas crenças escandinavas – um lugar habitado pelos mortos).

Mecânica

Antes de começarmos a jogar BPM: Bullets Per Minute, escolhemos uma das cinco Valquírias, que são diferenciadas de acordo com as habilidades individuais e um conjunto de pontos fortes e fracos. 

BPM: Bullets Per Minute Switch, Visão Geral

No decorrer do jogo, no entanto, lidamos com a travessia de masmorras sombrias que são geradas processualmente e eliminando hordas de inimigos. O que torna este jogo tão especial é a necessidade de agir ao ritmo de uma banda sonora rápida de rock; isso se aplica a atirar nos inimigos, bem como pular, recarregar armas ou fazer esquivas.

Vários inimigos menores estão em nosso caminho como bucha de canhão e sete chefes, cuja derrota abre o caminho para a batalha final. 

Colocamos os inimigos no chão, fazendo uso de um extenso arsenal de armas de fogo, incluindo revólveres, metralhadoras, rifles e lançadores de foguetes. Ele é complementado por habilidades especiais, como teletransporte ou congelamento de alvos, bem como por itens espalhados pelas masmorras, fornecendo vários buffs.

Aspectos tecnicos

A força de BPM: Bullets Per Minute é sem dúvida uma trilha sonora rápida e rock. 

No entanto, as cores distintas e brilhantes do design também podem atrair.