Rodar Jogos de PC no Android: Aprenda a Fazer seu próprio Cloud Gaming

Rodar Jogos de PC no Android: Aprenda a Fazer seu próprio Cloud Gaming

2021-02-01 0 Por Marcos Paulo Vilela

 🙂 As plataformas de cloud gaming começaram a fazer muito sucesso nos últimos anos…

A promessa de jogos com performance incrível e gráficos no máximo, mas que podem ser executados em qualquer dispositivo – até mesmo os mais fracos – parecem ser o sonho de qualquer gamer. Serviços como a Xcloud, Stadia e Amazon Luna já brigam pela dominância desse mercado, mas contam com uma série de problemas.

Os serviços ainda são caros, e extremamente dedicados aos países da América do Norte e Europa, o que costuma resultar em performance negativa aqui no Brasil. Além disso, é preciso pagar uma assinatura ou até mesmo individualmente por cada jogo, mesmo que você já tenha comprado na Steam, GOG ou outra loja virtual.

Empresas como a Sony resolveram o problema permitindo o streaming local, por exemplo, reproduzindo um jogo de PlayStation 4 via internet para um PlayStation Vita. Mas seria incrível se pudéssemos carregar no bolso toda a nossa biblioteca da Steam e outros jogos de PC, não é?

A boa notícia é que isso não precisa ser apenas um sonho. É possível transformar seu celular ou tablet Android em uma máquina capaz de executar toda a sua biblioteca de PC, dentro de casa ou a quilômetros de distância, através do streaming pela internet. E não será necessário comprar novamente os jogos que já possui.

Quer aprender? Confira nosso artigo… 😉 

É importante frisar que, embora mais eficiente no Brasil que serviços como o Stadia, o método de streaming pela rede ainda é bastante sensível à velocidade da conexão, instabilidades, perda de pacotes e o famigerado traffic shaping causado pelas operadoras.

Por isso, garanta que seu computador está conectado via cabo, faça download de uma VPN e execute-a no PC, e certifique-se de que o roteador está bem configurado.

Rodar Jogos de PC no Android: Aprenda a Fazer seu próprio Cloud Gaming

Rodar Jogos de PC no Android, cloud gaming ilustração, foto: reprodução.

 ➡ Configurando a plataforma de streaming

Nossa plataforma se resume no seguinte: nosso computador onde temos os jogos será responsável por executar o conteúdo e, em tempo real, enviar a imagem para nosso celular. O celular, por sua vez, exibe as imagens e emite para o computador os botões e comandos do usuário. 

Para esse propósito, precisamos primeiro escolher nosso aplicativo que será responsável pelo streaming:

  • Moonlight: O Moonlight é a solução ideal para quem tem placas da Nvidia. O hardware das GPUs da Nvidia conta com codificadores de vídeo de alta eficiência que melhoram a qualidade da jogatina. Para usar o Moonlight, baixe a versão mais recente dos drivers GeForce Experience em seu computador, e instale o arquivo APK do Moonlight no Android.
  • Steam Link: Já para usuários da AMD ou placas integradas Intel, que não podem usar o Moonlight, a solução é o uso do Steam Link, aplicativo associado à conta Steam que também permite o streaming, embora com qualidade inferior de vídeo. O Steam Link requer a instalação do Steam no computador, e do aplicativo Steam Link através da Google Play Store.

Tanto para o Steam Link quanto o Moonlight, precisaremos realizar o pareamento do computador com o smartphone na primeira execução. Isso pode envolver o login em sua conta Steam ou a digitação de um código que será exibido nas telas.

Além disso, para usuários do Moonlight, é interessante ajustar as configurações para o melhor equilíbrio de performance e qualidade de vídeo. Já para o Steam Link, realize o teste de conexão dentro do aplicativo para saber se a experiência funcionará.

Controles para jogar

Rodar Jogos de PC no Android- Fazer seu próprio Cloud Gaming

Rodar Jogos de PC no Android, controle Xbox, foto: reprodução.

Os comandos do jogo serão interpretados pelo celular, e não pelo computador, e portanto será necessário conectar algum controle para poder executar os jogos da melhor maneira.

Atualmente, os controles de PlayStation 4 e Xbox One funcionam perfeitamente no Android, e o Moonlight e Steam Link são capazes de reconhecer automaticamente o layout de botões.

Além dessas opções, uma gama de controles dedicados a smartphones existem no mercado. Alguns possuem layout tradicional e prendem o celular acima do controle, enquanto outros deslizam e permitem que o celular seja encaixado entre os botões, de forma semelhante ao Nintendo Switch.

De todo modo, para garantir a compatibilidade, basta escolher um controle com “Xinput” ou “Dinput” dentre as opções de modo de funcionamento. Marcas como a 8bitdo e Ipega por padrão funcionam no Android.

Dicas para otimizar a jogatina

O grande desafio das plataformas de cloud gaming é a latência ou atraso para interpretar os comandos: o controle Bluetooth conectado ao Android já adiciona algum atraso, depois, o comando enviado do Android para o computador também demora algum tempo, o processamento do computador e a formação de uma nova frame do jogo também tem seu custo, e por fim, o vídeo precisa ser codificado e devolvido ao Android.

Nos piores casos, chega a ser impossível aproveitar o jogo devido ao atraso de múltiplos segundos entre um botão apertado e a resposta na tela.

Para aliviar esses problemas, algumas dicas importantes devem ser seguidas. O computador precisa estar conectado diretamente ao roteador, via cabo de rede, preferencialmente usando o modo de 1Gbps. Além disso, priorize em seu Android a conexão às redes Wi-Fi de 5GHz que possuem performance superior, às custas de menor alcance.

Nas configurações do aplicativo de streaming, também é possível reduzir a resolução do vídeo e a bitrate, ideal para conexões mais fracas ou quando acessar o streaming estando longe de casa.

E agora é só aproveitar toda a biblioteca do computador em seu bolso, a todo instante. O conjunto de jogos nativos para celular, além da possibilidade de jogos de PC, tornam o Android uma plataforma fantástica para jogadores. E falando em jogos portáteis, segundo analistas Nintendo deve lançar Switch 4K.